segunda-feira, 30 de março de 2009

Bom dia!

Como a mamãe escreveu, nossa Bia precisa de uma grande força... Precisa de coragem, paciência, equilíbrio, discernimento, sabedoria e entusiasmo conforme vai entendendo o que está acontecendo com ela... Além disso tudo ela precisa voltar a estabilizar o quadro clínico...

Ela voltou a ter febre devido a mais uma infecção urinária e com o estado
emocional a flor da pele ela tem alterado os parâmetros de batimentos, respiração...
Aos poucos eles estão desmamando o aparelho da respiração, mas ainda precisamos esperar...
Vamos informando sobre essas alterações relevantes...

Como a mamãe escreveu, ela tem passado boa parte do tempo no hospital... Ela sai p. descansar um pouco, tomar banho, comer... enfim... e enquanto isso com a Bia fica um de nós ou o Fábio...
A mamãe tem "pedido" visitas no hospital, mas as visitas são p. ela (a Li). A Bia está na UTI e não pode receber visitas ainda.
Costumo dizer que assino embaixo de tudo o que a mamãe tem dito... nesse momento ela pode tudo!
Então escrevo p. pedir que compreendam se alguém chegar no hospital e não conseguir "abraçar" a Li... Nem sempre ela consegue subir p. portaria... e nem sempre ela está por lá...
E reforçando! Sim, a mamãe (Li) precisa de abraços, de contato físico de palavras positivas, mas as dicas são: não façam perguntas, deixem ela falar se quiser e o que quiser. Falem sobre outras coisas, outros assuntos... e caso ela não possa atender... esperamos que entendam e, se tiverem vontade, que voltem outro dia ou escrevam no blog..."

De resto, vamos continuar com nosso AMOR e COMPAIXÃO é o que precisamos SEMPRE e no momento precisamos de paciência, sabemos que mais do que a Bia, nós aqui de fora precisamos exercitar essa palavrinha tão importante... o
ato de ter "paciência"!

Beijos!

19 comentários:

  1. Bom dia Fabi.
    Só entrei para dar um bom dia para vocês.
    Só isso: um BOM DIA!
    Fiquem com Deus!
    Cida

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, D. Eliana, Fabi, Fe...
    Bom dia Bia...
    Somos da loja da tia Cuca, sempre perguntamos de voce, estamos sempre rezando.
    Eu Antonia sempre vou duas vezes por ano pra Aparecida do Norte, fui ontem, trouxe pra voce, agua benta pra sua mae molhar os seus labios, e uma imagem da Nossa Senhora da Aparecida tambem benzida, pra iluminar voce, quando o Padre benzeu, com muito amor e carinho, ate chorei, quero que tanto a agua e a imagem te traga muita luz, D. Eliana, força.
    Eu Lea, sempre entro no bolg pra acompanhar, fico muito emocionada, meus olhos enchem sempre de lagrimas, mas tenho certeza que voce logo estara ao redor de todos, porque voce ja colocou varias pedrinhas, e logo o potinha vai estar transbordando, pois voce ja e uma vencedora.
    Eu Eugenio, estou na torcida, tenho muita esperança, pois voce vai vencer se Deus quizer e ele quer.
    Desejamos pra familia, muita paz saude e uniao.
    Beijos Bia, força.

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde
    desculpe nao ter comentado nos dias anteriores, mas aprendi q até pra deixar um recado nosso estado de espirito conta muito...ainda mais um recado para esta família linda.
    Bom por mais gentis que queiramos ser, sabemos da fragilidade em que toda a família e amigos se encontram, continuamos a orar, a implorar pra que tudo de bom aconteça, sabemos o quanto a Li, está cansada, mas ao mesmo tempo, poder estar com sua filhinha é maravilhoso.
    Quero dizer que mesmo distante, a torcida é imensa pela recuperação da Bia e Bia como sempre, estará pronta para a Vitória do dia!

    beijos
    com carinho

    ResponderExcluir
  4. Haja o que houver
    Na Romênia , um homem dizia sempre a seu filho:
    - Haja o que houver, eu sempre estarei a seu lado.
    Houve, nesta época um terremoto de intensidade muito grande, que quase alisou as
    construções lá existentes nesta época. Estava nesta hora este homem em uma estrada. Ao ver o ocorrido, correu para casa e verificou que sua esposa estava bem, mas seu filho nesta hora estava na escola.
    Foi imediatamente para lá.
    E a encontrou totalmente destruída. Não restou, uma única parede de pé. Tomado de
    uma enorme tristeza. Ficou ali ouvindo, a voz feliz de seu filho e sua promessa(não cumprida), "Haja o que houver, eu estarei sempre a seu lado".
    Seu coração estava apertado e sua vista apenas enxergava a destruição. A voz de seu filho e sua promessa não cumprida, o dilaceravam.
    Mentalmente percorreu inúmeras vezes o trajeto que fazia diariamente segurando sua mãozinha. O portão (que não mais existia); corredor. Olhava as paredes, aquele rostinho confiante. Passava pela sala do 3º ano , virava o corredor e o olhava ao entrar.
    Até que resolveu fazer em cima dos escombros, o mesmo trajeto. Portão, corredor, virou a direita e parou em frente ao que deveria ser a porta da sala. Nada! Apenas uma pilha de material destruído. Nem ao menos um pedaço de alguma coisa que lembrasse a classe. Olhava tudo desolado.
    E continuava a ouvir sua promessa:
    "Haja o que houver, eu sempre estarei com você".
    E ele não estava... Começou a cavar com as mãos. Nisto chegaram outros pais, que embora bem intencionados, e também desolados, entavam afastá-lo de lá dizendo:
    - Vá para casa. Não adianta, não sobrou ninguém.
    - Vá para casa.
    Ao que ele retrucava:
    - Você vai me ajudar?
    Mas ninguém o ajudava, pouco a pouco, todos se afastavam. Chegaram os policiais, que também tentaram retirá-lo dali, pois viam que não havia chance de ter sobrado ninguém com vida.
    Existiam outros locais com mais esperança. Mas este homem não esquecia sua promessa ao filho, a única coisa que dizia para as pessoas que tentavam retirá-lo de lá era:
    - Você vai me ajudar?
    Mas eles também o abandonavam. Chegaram os bombeiros, e foi a mesma coisa...
    - Saia daí, não está vendo que não pode ter sobrado ninguém vivo?
    Você ainda vai por em risco a vida de pessoas que queiram te ajudar pois continuam havendo explosões e incêndios.
    Ele retrucava :
    - Você vai me ajudar?
    - Você esta cego pela dor não enxerga mais nada.
    - Você vai me ajudar?
    Um a um todos se afastavam. Ele trabalhou quase sem descanso, apenas com pequenos
    intervalos mas não se afastava dali. 5h / 10h / 12h / 22h / 24h / 30h . Já exausto, dizia a si mesmo que precisava saber se seu filho estava vivo ou morto.
    Até que ao afastar uma enorme pedra, sempre chamando pelo filho ouviu:
    - Pai... estou aqui!
    Feliz fazia mais força para abrir um vão maior e perguntou:
    - Você esta bem?
    - Estou. Mas com sede, fome e muito medo.
    - Tem mais alguém com você?
    - Sim, da classe, 14 estão comigo estamos presos em um vão entre dois pilares.
    - Estamos todos bem.
    Apenas conseguia ouvir seus gritos de alegria.
    - Pai, eu falei a eles: Vocês podem ficar sossegados, pois meu pai irá nos achar.
    - Eles não acreditavam, mas eu dizia a toda hora...
    - Haja o que houver, meu pai, estará sempre a meu lado.
    - Vamos, abaixe-se e tente sair por este buraco .
    - Não! Deixe eles saírem primeiro...
    - Eu sei; que haja o que houver...
    - Você estará me esperando!

    ResponderExcluir
  5. Meninas gurreiras e sempre alertas, cuidando de bia, da mãe e de nós tb.
    Confiamos que Bia vai estabilizar seu quadro e que Deus as abençoe hj e sp. O abraço pessoal ocorrerá naturalmente no momento no correto e enqto ele não acontece que Eliana se sinta fortemente abraçada por todos aqueles que vibram constantemente para que Bia coloque mais e mais e pedrinhas em seu pote.
    Que Deus abençoe tds vcs
    Bjs
    Muita luz, muita paz
    Aline

    ResponderExcluir
  6. Olá meninas. Estou sempre acompanhando Vcs 4. Bia, Faby, Fê e Eli. Sempre leio quando tenho tempo os recados e sempre concordo com tds. Sei q é muito difícil. Ela consegue sim com certeza, Ela chegou até aqui, quer dizer q tem condições de passar para outra fase. Bom a outra fase tm q esperar nosso DEUS Pai passar. Ao Fernando também penso com certeza, alias na Família Nyari no geral. Sei q os momentos são de muita sensibilidade com certeza, Vcs irão superar. Tds os momentos q passamos juntos no Camping foram Maravilhosos, contava os dias para chegar Final de Semana para ver Vcs. Minha Admiração por Vcs sempre foram Sinceras. Crescemos e cada foi para um rumo diferente, fizemos nossas escolhas, mas saibam q mmo não tendo convivido como antes o meu Carinho e a Amizade por vcs continuam o mmo. DEUS Abençoe a tds Vcs e em Especial BIA. Bjs as Mulheres e Abçs aos Homens.

    ResponderExcluir
  7. Fê, aqui é a Tati Colla... Quero que saibam que estou acompanhando o blog diariamente, e mesmo que não deixe comentários, deixo min ha energia positiva para a Bia e para vocês, todos os dias!!!!!
    Um beijo em todos e continuem com a força e otimismo que demosntram aqui!

    ResponderExcluir
  8. Eliana, estamos todos orando todos os dias pela Bia e por voce para que continue sempre sendo essa mulher forte e com a cabeça erguida porque Deus te deu essa força para estar sempre do lado das pessoas que te amam e que voce ama.
    Um beijo no coração.
    Alinne e Marcelo de Luca

    ResponderExcluir
  9. Sonhei que estava andando na praia com
    o Senhor e através do Céu passavam cenas
    de minha vida.

    Para cada cena que passava,
    percebi que eram deixados dois pares
    de pegadas na areia um era o meu,
    e o outro, do Senhor.

    Quando a última cena de minha vida passou
    diante de nós, olhei para trás,
    para as pegadas na areia,
    e notei que muitas vezes no caminho da
    minha vida havia apenas
    um par de pegadas na areia.
    Notei também que isso aconteceu nos
    momentos mais difíceis e angustiosos
    da minha vida.
    Isso aborreceu-me deveras,
    e então perguntei ao Senhor:
    -Senhor, Tu me disseste que,
    uma vez que eu resolvi Te seguir,
    Tu andarias sempre comigo,
    todo o caminho.
    Mas notei que durante as maiores
    atribulações do meu viver havia na areia
    dos caminhos da vida apenas
    um par de pegadas.
    Não compreendo porque nas horas
    em que eu mais necessitava de Ti,
    Tu me deixaste.

    O Senhor respondeu:
    Meu precioso irmão:
    Eu te amo e jamais te deixaria nas horas
    da tua prova e do teu sofrimento.
    Quando vistes na areia apenas um par de
    pegadas, foi exatamente aí que
    EU TE CARREGUEI EM MEUS BRAÇOS.


    força meninas!
    força tia eliana!
    bjos cheio de pensamento positivo!
    sintam se todas abraçadas por mim!!

    bjus Hellen (namorada do fernando kitagawa)

    ResponderExcluir
  10. Minha querida Eliana, Fê, Fabi,
    Vcs fazem parte das minhas orações diárias. Imagino vcs comemorando a cada reação positiva da Bia, como uma vitória em final de campeonato, afinal estamos falando de mulheres fortes, determinadas e iluminadas. Acolhemos vcs em nossos corações, e, tenho certeza que Nossa Sra está cobrindo a Bia com seu manto, assim como está cobrindo vcs, a Nanda, a Dani, o Lucas...
    Beijo carinhoso da Maria do Carmo

    ResponderExcluir
  11. Oi Fabi,Eliana, e Fê, pois é Li, firme sempre e incrivelmente passando reconforto à todos, presto atenção no que está acontecendo e claramente percebo que a dor tem seu lado cruel, indesejável mesmo, mas tem também o seu lado de união, de reencontro, de percepção da nossa fragilidade, dessa necessidade que temos de pessoas encorajadoras e amigas ao nosso lado, mas também daquelas como muitas(os) aqui, que em silêncio estão diariamente vivenciando esta luta e torcendo.
    Pensando que tudo tem um motivo importante,Vamos lá LI, continue assim, mas claro se cuidando também.Fé e confiança pois Deus está no Leme de nossas vidas sempre.
    Beijos
    tia Leila

    ResponderExcluir
  12. Fabi,

    Só hoje fiquei sabendo do acontecido. Entrei no blog e me emocionei demais.
    O pouco que conheci você e sua familia, deu pra perceber a grande força interior que vocês têm individualmente e juntos!
    Continuem usando esta força do jeito bonito que vocês têm usado, que está tão visivel aqui!
    Qualquer coisa que vocês precisarem, por favor me procurem, pelo meu e-mail ou telefone 11 9313-7762.
    E acabei de me formar fono, e ainda não me sinto apta a atender, mas se precisarem de uma indicação, tenho boas a fazer!
    Força!
    Beijos,
    Mila

    ResponderExcluir
  13. Recebi um telefonema da minha mãe hj toda animada, quando voltou do hospital, dizendo que a Bia estava com uma carinha ótima, mais animada, etc. Já sei que a Bia tem a foto do Pedro e da Vivi na painel no quarto. Que bom! Assim eles conseguem passar energias boas bem de pertinho. Estamos acompanhando passo a passo, ou melhor, vitória a vitória.....não só da Bia, como da família toda. Amamos vocês!! Pedro, Drica e Dudu

    ResponderExcluir
  14. Etiene (Fisioterapeuta)31 de março de 2009 20:21

    Depois que fiquei sabendo da existência do Blog da Bia fiquei entusiasmada em escrever algo para a família e para ela!
    Há alguns dias já venho acompanhando a Bia na UTI e vejo o progresso dela junto com a equipe de Fisioterapia do HNSL! Estamos todos muito contentes com a evolução da Bia!
    Agradeço pelas palavras da mãe dela de agradecimento pela nossa dedicação e cuidados que temos com ela!
    Mais que Fisioterapeutas, somos humanos e temos como obrigação os cuidados e bem estar de nossos pacientes!
    A Bia é uma paciente especial e com sua garra e determinação e muitos pedidos de "mais fisio, mais fisio", acreditamos em sua recuperação, e isso nos faz satisfeitos por acreditarem em nossos serviços!
    Mais uma vez agradeço por toda equipe pelas palavras!
    Um grande Bjo
    Etiene / Talita

    ResponderExcluir
  15. Hoje tive a felicidade de abraçar Eliana e por alguns poucos minutos ver Bia (cheguei, por acaso, no horário geral de visita da UTI e Bia decidiu que podia entrar)
    Fui até lá para levar meu abraço e minha mãe Veva, de quem Eliana um dia desses falou com tanto amor.

    Ao chegar, Fabi ainda estava por lá e bastante emocionada.

    Como vcs podem ver nos comentários acima Bia hj colocou mais pedrinhas em seu pote mas não vou tirar a alegria de Fe, Fabi ou Eliana contarem sobre essas pedrinhas.

    Só quero dizer que minha alegria foi imensa ao ver o olhar vivo e decidido de Bia.
    Minha felicidade ficou maior ainda quando minha mãe Veva, do alto de seus quase 89 anos, perfeitamente saudável, lúcida e com muitas "duras lambadas nas costas" (quem a conhece sabe como ela é e como foi sua vida)na saída, bem na porta do hospital, soltou um grande suspiro e disse:
    " Vou para casa aliviada, com a confiança de que Bia não se deixará derrubar. O olhar dela é firme, determinado e cheio de vida!"

    Minha mãe tem olhos "de ver" com o coração e não costuma errar.
    Mais do que nunca a confiança na garra de Bia, de Eliana, de tds demais da família, nesta corrente e nas bênçãos divina com certeza farão que um dia destes ao abrir este blog leiamos: "Bia está livre dos aparelhos, seu quadro clínico está muito bom e está indo hoje para casa de mamãe para começarmos uma nova etapa de vida".

    Bjs,
    Muita luz, muita paz
    PS. Fernando (pai), se soubéssemos que vc estava para chegar no hospital teríamos esperado para lhe dar um grande abraço. Hj fica aqui o abraço virtual mas não faltarão oportunidades para fazê-lo pessoalmente.

    ResponderExcluir
  16. Flavio S Grassmann31 de março de 2009 21:56

    Fe (Pai), Li, Fe, Fabi e Bia

    Qdo recebi a notícia, não tive coragem de ligar pra vcs e liguei pra nossa prima TT e ela, me confirmou o que eu não queria ouvir ... foi mto difícil.
    Não sei direito o que falar/escrever mas, gostaria que soubessem que estou aqui ... acompanhando e torcendo muito pela Bia.
    Li os comentários do blog e fiquei especialmente emocionado e feliz com o comentário da Dna Veva (que não conheço mas, já gostei demais dela) ... do alto da sua experiência de quase 89 anos ela disse: " Vou para casa aliviada, com a confiança de que Bia não se deixará derrubar. O olhar dela é firme, determinado e cheio de vida!" ... eu também acredito e confio.

    A RESPOSTA DA ÁRVORE

    Certo pomicultor surpreendeu-se lamentando ao pé de grande laranjeira:
    - E meus prejuízoz??? Como recuperá-los??? Quem fará isso por mim???
    Assombrado, notou que a árvore lhe respondeu:
    - Até hoje, meu senhor, nunca soube quem me apanhou os frutos e me talou as flores, quem me decepou os ramos e levou pra longe as minhas essências, mas sei que Alguém me renova todas as forças, auxiliando-me a produzir. "Emmanuel"

    Bjs em todos

    Flavio

    ResponderExcluir
  17. Bia, obrigada pelo que fez! Deixou minha mãe bem aliviada! Que bom!
    Eliana, Pai Fernando, Fê e Fabi, que fortaleza heimmmm! Degrau a degrau vocês vão subindo e levando a Bia junto!É isso aí Eliana : junto, seja onde for!
    Fiquem com Deus e valeu Eliana! Vc vale ouro!
    Vamos subindo nós também nossos degraus e aprendendo muito sobre a vida, a dor, a fé. Só que eu tenho que deixar escrito aqui para que quem entre nesse bloco saiba: você é a pessoa mais generosa e compassiva que até hoje eu tive contato. E isso , em um mundo como o de hoje, não é fácil de se encontrar. Fica com Deus amiga e sua família também.
    Beijos com muito amor de Cida e familia

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Oi Eliana, é tia lourdes e familia
    Mesmo distantes estamos todos os dias presente em pensamento e oracoes por vcs.
    Amamos Todos voces!
    Que Deus abençoe a todos!
    Bjsss tia Lourdes, Fernandinho e Marcelo

    ResponderExcluir